70% dos goianienses pretendem comprar presentes no Dia das Mães

Quando chega o Dia das Mães não tem crise econômica, nem desemprego que atrapalhe a comemoração. Afinal, não é qualquer data e quando o assunto é presentear o goianiense revela que não pretende economizar. Pesquisa divulgada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Goiânia mostra que 70% da população da capital pretende comprar um mimo para a mãe. E, em muitos casos, não será apenas uma lembrancinha, já que o valor médio dos presentes ficou em R$ 181,17.

A pesquisa, encomendada pela CDL, foi realizada pela Grupom durante o mês de abril em 27 pontos da cidade e mostra, ainda, que comprar em lojas do comércio de rua será a escolha de 36,5% dos entrevistados. Comprar no centro da cidade é a preferência de 11,4%, outros 8,5% pretendem comprar nas lojas de Campinas e 6,4% nas lojas da Rua 44. Para muitos o dinheiro do FGTS inativo dará uma força na hora das compras, mas ainda assim 47,25% disseram ter menos dinheiro este ano em comparação a 2016.

Na hora de escolher o presente, as peças de vestuário lideram a preferência: 42,7% dos entrevistados pretendem comprar roupas para a mamãe, enquanto 20,9% disseram optar por perfurmaria e 10,7% calçados. Seja qual for a escolha, o importante é passar o domingo curtindo um colo de mãe.



 

 

 

    Você sabia que o OqueRola está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.