Músicas de Arnaldo Antunes são coração de espetáculo de dança urbana no Teatro Goiânia

Concreto é um espetáculo de dança que une dois estilos: Break e Dança Contemporânea, que retrata questões políticas, sociais e cotidianas tão comuns a essas duas abordagens da dança. Para isso, toma como mote as músicas-poemas concretistas de Arnaldo Antunes que narram a realidade social, sentimental e mental do ser humano.

O ritmo e a desconstrução das composições de Antunes serão fios condutores no desenrolar do espetáculo. A performance representa, aqui, o resultado da fusão entre esses dois dois estilos, a materialização dessa união, a metáfora do diálogo.

No processo de produção do concreto, existe o cimento, o pó, o sólido que será interpretado pela figura masculina e sob a movimentação forte e urbana do Break e ainda a água, líquida, elemento vital que liga e possibilita a mistura que dá origem ao concreto, interpretada pela figura feminina e sob fluidez da Dança Contemporânea.

O espetáculo é resultado da montagem coreográfica realizada durante processo de residência entre a bailarina e coreógrafa Luciana Caetano do Grupo Solo de Dança e Jerry-X B.Boy do grupo Mega Break. Grupos consolidados na cena cultural de Goiás desde a década de 1990 e com vasta experiência no universo da dança. Nesse sentido, esta proposta se torna relevante ao tentar unir dois estilos de dança de origens artísticas distintas, mas sobretudo ao possibilitar o trânsito das artes de rua para palcos, teatros e centros culturais da cidade de Goiânia.


Serviço


Data: 02 de Setembro (sábado)
Local: Teatro Goiânia– Setor Central
Horário: 20h
Ingresso: R$20 (inteira) e R$ 10 (meia)

    Você sabia que o OqueRola está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.