Nova lei está de olho na divergência de preços entre gôndola e caixa

Desde o dia 24 de julho está valendo em Goiás uma nova lei que obriga os estabelecimentos comerciais a posicionar o monitor das caixas registradoras de modo que fique visível aos consumidores.

O intuito, segundo o autor do projeto de lei, o deputado Dr. Antonio, é deixar que o consumidor acompanhe e reclame caso ocorram divergências nos preços praticados nas gôndolas e no sistema do local.

O parlamentar argumenta que episódios de distorções de preço ocorrem diariamente, lesando o cidadão. “O projeto pretende assegurar a informação adequada e clara. Assim, o consumidor poderá acompanhar as informações computadas em tempo real, possibilitando reclamar caso haja divergências nos preços.”

    Você sabia que o OqueRola está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.