Aline Mil: Ame alguém que goste de animais

Publicado em 10.06.2016


Quem não gosta de bichos, bom sujeito não é.

Já que a semana é dos namorados, vamos vestir a carapuça da data mais brega do ano e fazer um texto meloso!

Conheci meu marido há 9 anos, por conta de um festival de música aqui em Goiânia, o Bananada. Vamos deixar de lado o fato do moço ser bonitão, talentoso e ter o cabelo mais sedoso do Universo, ok? Mas o fato é que uma das qualidades que mais amo no rapaz é como ele é carinhoso com os animais.

Desde que me conheço por gente, tenho grande afeição pelos bichos. E não estamos falando só de gatos, cachorros e hamsters. Desde lagartixas e pererecas até cavalos e bois, passando por onças e cobras, acho todos lindos e encantadores. Herdei esse interesse da minha mãe, que herdou do meu avô. Portanto, já era claro pra mim que, caso um companheiro tivesse, seria essencial que essa pessoa também gostasse dos animais.
ame-alguem-inCompartilhamos esse gosto e temos quatro bichanos em casa. Três foi o marido quem trouxe e posso afirmar, com certeza, que nossa vida é muito mais feliz e leve porque temos a companhia e cumplicidade dos nossos gatos.

Escrevo toda essa ladainha para dizer, na verdade, que eu realmente acredito que quem tem aversão aos bichos, bom sujeito não é.

Se logo no primeiro encontro o cara ou a moça disser “morro de nojo de bicho”, eu aconselho fugir pela porta dos fundos do restaurante. Se a pessoa nunca tiver tido um animalzinho de estimação na vida, também acho prudente ficar alerta e não esperar a sobremesa para pedir a conta.

A questão é que o desprezo por uma criatura “irracional” e tida como “inferior” é digna de análise freudiana. Acho, inclusive, que quem sente prazer em machucar, maltratar ou matar animais pode ter sérias tendências psicopatas. Acho mesmo!

Então, se eu pudesse dar uma dica para quem está em busca de um amor, com certeza seria o título desse texto: ame alguém que goste de animais. Isso revela que a pessoa é carinhosa, tem compaixão e gosta de companhia. As chances de ser um bom namorado são boas.

*Tem alguma sugestão de tema para a coluna? Deixe um comentário ou envie um e-mail para [email protected]

PS: Muita gente costuma presentear o(a) namorado(a) com um bichinho de estimação no 12 de junho. Caso essa seja sua intenção, reflita antes se sua companhia realmente gostaria desse presente e se ela tem condições financeiras e tempo para cuidar do animal. Depois de datas comemorativas o número de abandonos cresce muito, porque as pessoas percebem que cuidar de um bichinho dá trabalho. Ah! E se realmente decidir por esse presente, evite comprar. Procure abrigos na sua cidade e adote.

Posts Relacionados

Aline Mil

Jornalista formada pela Universidade Federal de Goiás. Já trabalhou em impresso, rádio, tv, mas gosta mesmo é de internet. Apaixonada por animais, é voluntária no Projeto Viva Gato em Goiânia - textos novos todas as quintas

Últimos posts por Aline Mil (exibir todos)



    COMENTÁRIOS