Monólogo coloca Dali no palco do Centro Cultural UFG nesta quinta e sexta

Publicado em 08.08.2017


O Centro Cultural da UFG vai receber o monólogo Dali, com direção de Hugo Rodas e atuação de Adriana Veloso nesta quinta (10) e sexta-feira (11). O espetáculo aborda os pensamentos e tormentos de um pintor faminto de perfeição, seu amor por sua mulher e suas ideias extraordinárias em diversos campos.
Afinal, quem melhor para falar de Dali do que ele mesmo? Ainda mais que fala de si com um luxo de detalhes, uma inteligência e um lirismo que lhe são próprios. Desde sua adolescência Dali se dedicou a ser um mito. E o presente relato provará que a vida cotidiana de um gênio, sua vida e sua morte são essencialmente diferentes do resto da humanidade.
O roteiro foi escrito a  partir dos livros “Diário de um gênio” de Salvador Dali e “La vida desaforada de Salvador Dali”, de Ian Gibson, além de inúmeras entrevistas e documentários.  Os apreciadores da arte e de sensações fortes, poderão se debruçar sobre esta encenação com paixão. Pois ela fala de um homem único, genial, excêntrico e obsessivo, e representante máximo do Surrealismo.
Dalí é o quarto espetáculo da Cia Bendita de Teatro que em 2017 completa 10 anos de trajetória. Todos os três espetáculos anteriores: Édipo, In-Decência e Esquizofrenia, também contam com a direção de Hugo Rodas. O motivo da escolha deste tema na montagem de comemoração de 10 anos da Companhia, é que Salvador Dalí através de suas imagens oníricas e de excelentes qualidades plásticas, seus textos filosóficos, seu método paranóico-crítico e sua enorme teatralidade, foi o artista que deixou a marca da genialidade no século XX.
O espetáculo conta com o apoio do Centro Cultural UFG/PROEC/UFG e patrocínio do Fundo de Arte e cultura de Goiás/SEDUCE/Governo de Goiás.
FICHA TÉCNICA:
Direção: Hugo Rodas
Elenco: Adriana Veloso
Cenário e Figurino: Hugo Rodas
Iluminação: Rodrigo Assis
Produção de vídeo: Fora da Lei
Cenotécnica: Marco Reston
Sonoplastia: Luis Felipe Diniz
Projeção: Júlio Rodrigues
Costureira: Zenite Cassimiro Silva
Arte visual: Paulo Caetano
Fotografia: Layza Vasconcelos
Produção: Cia Benedita de Teatro
Lillian Bento
Lillian Bento

Últimos posts por Lillian Bento (exibir todos)



    COMENTÁRIOS